© theme

Eu era um vazio, que transbordava sentimentos.

Helston, 1854.    (via vivificare)

E só eu sei o quanto doeu ver a melhor coisa do mundo indo embora.

Tati Bernadi.   (via revejo)

Minha alma cabe num livro de folhas amareladas, numa musica lenta, num café sem açúcar. Cabe na lagrima que escorre quando o peito reclama da saudade. Cabe até na mãos entrelaçadas do casal de velhinhos ali na praça. Cabe na alegria da criança, na oração do crente. Minha alma cabe onde tem amor, sabor e as vezes até dor. Mas minha alma cabe mesmo é aí dentro da tua. E se mistura. Vira uma só.

versear.   (via revejo)

Economize as palavras, prolongue os abraços.

Diego Castro.  (via ritimizando)

Os dias vão passar, mas não vou me esquecer de ainda querer escutar aquele riso.

Gabito Nunes. (via revejo)

Você escreve aquilo que sentiu ou aquilo que quisesse que alguém fizesse você sentir.

Máh Soares. (via revejo)

Fale o que quiser, não sou de me doar em partes, em metades, me jogo de corpo e alma em tudo aquilo que acredito. É como pular em uma piscina sem saber se ela está realmente vazia, ou cair em um buraco sem saber o que me espera ao fundo. O tombo pode valer a pena. Se não me agradar me ergo e parto pra outra, sem medos, sem ressentimentos, vai ver a sorte me espera em outro lugar. Prefiro viver intensamente sem me permitir abalar. Quando sorrio é pra valer, se não me agrada já falo. Não tenho medo de consequências, nem me prendo ao passado, vou procurar ser feliz enquanto ainda há tempo. Vou amar enquanto meu coração estiver batendo, vou sorrir enquanto ainda me houver motivos, vou chorar enquanto eu ainda tiver lágrimas pendendo em meus olhos, vou correr enquanto ainda tenho forças. Posso não encontrar o que procuro mas vou fazer tudo que quero, aproveitar tudo de bom que cruzar meu caminho, pois estamos nessa vida para tentar fazer o certo e, ainda assim, fazer errado.

Francisco, desatou.   (via revejo)